Santo Batismo da minha filha

Salve Maria!

Lupita foi batizada no dia 25 de março – dia da encarnação do Verbo no seio puríssimo da Virgem Maria – , 9 dias depois que nasceu, mas não tive tempo de dividir com vocês algumas fotos! Eis algumas deste momento especial e solene, em que minha filha foi resgatada das mãos do demônio, e já se conta entre os membros do corpo místico de Cristo. Foi no rito tradicional!

Admissão na entrada da Igreja: o padre a “insuflou”, dando os 3 sopros em forma de cruz, chamando o espírito de Deus; expulsando o espírito maligno e exigindo que se desse lugar ao Espírito Santo. Também fez o sinal da Cruz  para que Deus olhe para a sua nova serva, Maria de Guadalupe.

Então o padre impôs as mãos em Lupita, fazendo uma oração. Depois colocou sal bento na sua boca.

Entrando, cantando o Credo.

Lindo momento! Eu estou segurando Guadalupe, pois minha irmã (que é a madrinha) não pôde ir, e foi representada pela nossa madrinha, um pouco insegura para carregá-la nos braços.

Ela ficou tão quieta… durante todo o batismo, só estremeceu no exorcismo. Nem mesmo a água a despertou do sono…

Eu estava um pouco nervosa, pois ela havia saído do hospital na quinta-feira (ficou seis dias lá…), e a igreja fica realmente muito distante da minha casa. Então, estava apreensiva se ela acordaria com fome; mas voltou para casa na mesma calmaria, só despertando assim que chegamos.

Deus os abençoe!

Anúncios

5 comentários sobre “Santo Batismo da minha filha

  1. Parabéns, mais uma vez, pelo batizado tão rápido como manda a Santa Madre Igreja! E pela beleza da Lupita.
    Estou ansiosa para ler o relato do parto – terceira parte. Não se deve deixar os outros ansiosos assim..rsrs

    • Salve Maria, Bárbara!

      Foi na capela Nossa Senhora da Vitória, dos Maristas (que não mais a administram).

  2. Boa noite,
    Gostava de saber qual é a sua opinião sobre as grandes festas de batizado, com 100 e 150 pessoas, que agora é costume os pais fazerem.
    A Lupida é linda e me agrada muito que a tenham batizado tão pequenina.
    Beijinhos e Deus vos abençoe

    • Salve Maria, Vânia!

      Sobre a festa de batizado, penso que é uma coisa que só dá para se avaliar em cada caso concreto. Se me perguntasse se eu faria uma festa assim a resposta seria “não”. Por inúmeros motivos: seria extremamente trabalhosa, provavelmente não teria grande relação com o batizado, poderia ser ocasião de muitos inconvenientes. Acho que a festa do batismo lembra algo mais sóbrio, discreto, interior… É um momento para a família agradecer a Deus, pensar no que será dali em diante, etc.
      Enfim, também nunca soube de uma festa de batizado com muitos convidados que tenha sido bem sucedida.
      Fique com Deus!

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s