{Do nosso diário} Maio, 2012

Salve Maria!

Há uns 25 comentários a serem aprovados no blog, além de alguns e-mails de pessoas que me conhecem por aqui: a maioria deles esperando alguma resposta, o que certamente acontecerá, assim que eu tiver algum tempo! Agradeço de coração todo o carinho! Além da falta de tempo que eu enfrento, está o fato de que o computador está quase sempre sendo usado por meu marido, que termina o TCC. Portanto, conto com o perdão de vocês!

{Do nosso diário}

{Um: Apoio para a mamãe}

O caderninho acima não é nosso diário oficial, mas um local de registro. Para mães de primeira viagem como eu, pode ser útil ter um diário de anotações para a rotina da criança – prática que vi sugerida num livro (chama-se “Encantadora de Bebês“). Nos primeiros dias com Lupita, a adaptação foi difícil. Na teoria, estamos preparadas para dar de mamar 12 vezes ao dia; na prática, quando se está com sono, cansada e se recuperando do parto… tendemos a superestimar os acontecimentos. Ás vezes meu marido chegava em casa e me perguntava “como foi o dia?“, e eu lhe respondia que Guadalupe havia chorado por horas, e por várias vezes. Uma vez que adotei a prática das anotações, pude ver claramente como as horas eram minutos bem breves e as “muitas vezes” eram apenas duas.

Outras utilidades: ver de quanto em quanto tempo ela espaça as mamadas, e a progressão disso durante o dia; saber quando ela mamou bem e quando, por algum motivo, a mamada não foi boa; horário de remédios; tempo que ficou acordada, etc. Durante o dia, as ações se repetem muito, e fica difícil recordar estas informações de cabeça… agora, sempre que chega em casa, meu marido lê nossas anotações, e assim acompanha de perto como passamos sem ele! Para mim, foi uma grande ajuda e me deu segurança; é uma forma de pôr os acontecimentos “sob controle” e, de certa forma, me faz um pouco de companhia… 

{Dois: escrevendo cartões de agradecimento}

Estes são cartões de agradecimento, a serem enviados para nossos queridos amigos (que se lembraram de nós e enviaram lindos presentes para Lupita, antes de seu nascimento). Só agora estamos tendo tempo de colocar isto em dia, e ainda preciso dar conta das lembrancinhas! Como disse, as primeiras semanas foram difíceis, Lupita ainda ficou dodói alguns dias, de modo que o que era para ter saído em abril, só deve ser concluído em junho! Mas estamos empenhadas em recompensar a todos pelo carinho!

Comprei a caixa, com 20 cartões e respectivos envelopes, na Livraria Saraiva, e custou apenas 24,00. Os cartões são lindos, em 4 diferentes temas e estão em  branco na parte de dentro, para que possamos escrever a mensagem como bem quisermos. 

{Três: Primeiro Dia das Mães}

Recebi dois presentes de Guadalupe na semana do dia das mães. O primeiro foi que, de uma hora para outra, ela eliminou uma mamada da madrugada (mais especificamente a que ela fazia entre 2 e 3 da manhã), e agora está dormindo de meia-noite até 5 da manhã mais ou menos. Não é que este dia chega?!

O outro presente foi adormecer sem ser ninada no braço. Eu fiquei um pouco sentida quando vi isto acontecer a primeira vez, pois ela sempre me chamava para que eu a ninasse (por mais que estivesse com sono, não dormia de jeito nenhum!); tão logo eu a tomava nos braços, ela fechava os olhinhos (por que estou falando no passado? ela ainda faz isso quase todos os dias, só que agora há exceções!), mostrando como se sente segura comigo (é o que eu acho, rs). Agora, se está no carrinho, vai pegando no sono devagar e dorme por conta própria, sem chamar a mamãe. Meus braços agradecem, afinal, ela já está com quase 6,5 kg!

Ela está crescendo incrivelmente rápido! Como já nasceu grandinha, quase não tive a chance de segurar um bebê molinho nos braços; mesmo assim, bate uma saudade dos primeiros dias! Sempre fica a sensação de que poderíamos ter aproveitado mais, e eis que agora, ela já está quase falando – outro dia falou “mu-mu”, com 1 mês e 20 dias (devo considerar isso o primeiro “mamãe?”). Está perdendo roupas por semana, já que o ganho de peso dela é de aproximadamente 250 gramas nesse período. Eu só estou amamentando, juro! “É o jeito de ser dela“, como diz o pai.

Agora estamos nos preparando para a última trezena de Santo Antônio em Salvador: uma tradição na minha família há mais de 50 anos! Tendo oportunidade, venho contar sobre isso!

Fiquem com Deus e rezem por nós!

Anúncios

3 comentários sobre “{Do nosso diário} Maio, 2012

    • Salve Maria!
      Obrigada… ela é enorme mesmo!
      O caderninho e eu vivemos juntos, rs… assim que alguma coisa importante do nosso dia termina [dar de mamar, por ex] eu anoto… caso contrário, embola tudo e eu não consigo lembrar, porque “mistura” com as outras coisas. Por isso, o caderninho vive quase sempre aberto em cima da escrivaninha!

  1. Oi Lu, a Lupita é linda mesmo, enorme!!!!!

    Quanto ao diário é uma ótima idéia, mantenha ele por alguns aninhos ainda, mesmo que dê preguiça depois…

    Trabalhei em uma creche e lá sempre anotávamos a rotina da criança, é especialmente importante quanto a alimentação, anotar cada alimento que ela come, é ótimo na fase de introdução de alimentos, torna possível identificar causadoras de uma série de desconfortos que de cabeça ninguém perceberia.

    Beijos, Paz de Jesus.

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s