Guadalupe e a Guerra do Sono

Bons tempos…

Falávamos da minha solidão. Esquecemos de falar sobre o alívio! Sim, pois a minha solidão com Lupita não durará para sempre. Convém falar disto, para que as futuras mães e esposas não imaginem que, quando casarem, terão de enfrentar anos do mesmo problema. Não é verdade. Se Deus quiser, outros filhos virão, e mesmo que fosse uma provação e que isto não acontecesse, o neném cresceria e poderia conversar com a mãe. É o primeiro momento que é realmente difícil. As coisas melhoram – ou melhor, você melhora.

Quando Guadalupe nasceu, por exemplo, eu desejava que ela completasse logo três meses. Era muito novo para mim: eu tinha medo. Medo dela ser tão pequena, de qualquer gripe derrubá-la, de tudo o que me diziam. As cólicas eram parte do problema, pois eu dormia muito mal. Você com certeza já passou uma noite em claro, mas pôde dormir até tarde no dia seguinte. Quando o bebê chega, são muitas noites em claro, mas este “dia posterior” não chega nunca. Melhorou consideravelmente já no segundo mês – só que 30 dias seguidos dormindo, no máximo, 2 horas seguidas, foi sacrificado. Eu imagino que nem todos os bebês sejam assim, mas Guadalupe acordava pontualmente de 2 em 2 horas, e como eu sempre demorei um pouco para pegar no sono, não poucas vezes permanecia acordada até que ela precisava mamar novamente. Com 1 mês e meio, se eu não me engano, ela dormiu 5 horas seguidas pela primeira vez. Isso durou pouco tempo, e lá pelo quarto mês, eu enfrentei a “guerra do sono” aqui em casa. E não posso dizer que terminou!

Tudo o que você imaginar relacionado a “problemas de sono” fizeram parte da minha rotina. Primeiro, Guadalupe ficou bastante resistente para começar a dormir à noite. Chorava, se contorcia. Depois, as sonecas passaram a durar 40 minutos (como é até hoje). Posteriormente, ela acordava para brincar de madrugada, e só conseguia dormir 2 horas depois. Atualmente, a primeira fase do sono dela – entre 20:30 e 22:30 continua delicada, especialmente se não estou do lado. Acorda chorando exigindo a minha presença, e o resultado final desta soma é um tempo ainda mais reduzido para fazer as tarefas de casa.

Comprei e li muitos livros e artigos, como Soluções para noites sem choro, que traz informações muito utéis, mas o método não resolve exatamente o problema, embora torne o caminho mais suave. Também conheci o método de Gary Ezzo, Nana Nenê : deixá-la chorando é uma opção dramática, já que Lupita chora até colocar tudo para fora. É controverso. Eu particularmente não gosto. Acontece apenas quando eu tento de tudo – colo, seio, música – e ela, incrivelmente, continua berrando. Nestes dias eu deito-a na minha cama e permaneço do seu lado, ouvindo-a chorar muito, afagando suas costas, até que ela se cansa. Sou obrigada a admitir que, apesar da catarse, ela dorme bem o resto da  noite. A Encantadora de Bebês tem a melhor e mais eficaz proposta, que teria transformado meus dias, não fosse o fato de que eu viajei para Salvador justamente quando ele estava funcionando. Consiste em ensinar o bebê a dormir sozinho, aliado à alimentação com horário. Pausa: Lupita mama em livre demanda. Fora isso, ela estava indo bem no aprendizado, mas é preciso muita paciência, já que é muito difícil chegar no ponto de colocar o bebê (viciado em dormir no colo e no peito) acordado no berço e fazê-lo adormecer. É preciso estar preparada para pegá-lo e acalmá-lo mais de 100 vezes (literalmente). E meus dias estão muito corridos e cansativos para que eu recomece isso.

Contando de forma resumida não parece tão ruim, mas foi. Quando eu conseguia resolver algum dos problemas – por exemplo, fazê-la dormir de forma tranquila, escutando uma cantiga medieval – ela passava a ter o sono picotado. Isso me causava tristeza! E foram quatro meses de muitas queixas (confesso que eu não sabia falar de outra coisa), até que eu finalmente aceitei o fato de que ela dorme mal. Eu não contei nem 10% de tudo o que eu tentei para melhorar a situação – nos dias mais desesperados passei a dormir com ela no colo durante as sonecas, fiz cama compartilhada, banho morno, histórias, enfim, uma rotina militar – mas agora eu não aceito nem mesmo sugestões. Se eu criar coragem, tento mais uma vez o método da Encantadora, mas por enquanto eu estou achando melhor manter a minha resolução, já que a situação aqui em casa costuma melhorar por conta própria, sem maiores explicações.

O que eu tirei dessa situação foi o verdadeiro significado da palavra paciência. Eu tentei de tudo porque queria fazer o melhor, e não simplesmente aceitar uma situação que podia ser revertida. Por algum motivo nada funcionou. Acho que quando este momento chega o melhor é aceitarmos a provação que Deus coloca nas nossas vidas –  e eu estava sempre dizendo ao meu marido que tudo o que eu estava passando era para eu não achar que tudo havia ficado fácil com Lupita. Sei que muitas mães passam por problemas semelhantes: e, infelizmente, para algumas, nenhum método se aplica. Eu cheguei a me culpar diversas vezes; achava que estava seguindo as instruções parcialmente, ou que ela só poderia estar com algum desconforto (não era)… mas aceitei e isso me aliviou imensamente. Primeiro, porque eu fiz a minha parte (tentei de tudo), segundo, porque aceitei como um peso que Deus enviou para os meus dias. Nem tudo pode mesmo ser resolvido. Nem tudo. E deixa eu terminar por aqui, que ela já está choramingando no berço, Rs!

Anúncios

13 comentários sobre “Guadalupe e a Guerra do Sono

  1. João Pedro está com 1 ano e 7 meses e ainda dorme mal! Eu pensei que isso fosse passar depois dos 3 meses, depois pensei que fosse passar depois dos 6, 7 meses, depois pensei que fosse passar com 1 ano…mas não passou. Ele deu umas tréguas, mas ainda acorda de madrugada pelo menos duas vezes na semana. Hoje quem fica com ele é meu esposo já que tenho que trabalhar no dia seguinte… mas ele precisa estudar para concurso e como conseguir estudar bem desse jeito, sem dormir direito? É difícil. Bom, uma coisa percebemos: se JP dormir mais de uma hora por dia, ele acorda de madrugada. É certeiro. Mas também acorda por outros motivos, sabe Deus quais!

    É assim mesmo, Deus sabe o que faz. Cansa, mas como diz D. Tomás “os filhos santificam os pais”. ;)

    Que sua Lupita alcance o sono logo logo!

    Abraço e Paz!

    • Oi Andrea,
      você me deixou triste agora… 1 ano e 7 meses??! hehehe Acabou com as minhas ilusões! Lupe está acordando de 2 horas e meia em 2h30 para mamar de noite. Isso está acabando comigo! Reze por nós, que eu sempre rezo pela sua família. :)

      • Eu sempre rezo por vocês também, Luciana!
        Pois é, ele passou essas duas últimas semanas acordando quase todas as noites! Eita lelê! rsrsrs
        Não queria tirar suas esperanças, mas essa é a minha realidade! rs…quem sabe a Lupita não melhora logo? Nunca se sabe.

  2. Oi, Luciana,
    Tbém tive esses problemas q vc fala. O problema é q vc precisa dormir e a sua filha tbém, mesmo q vc tenha de sacrificar um pouco a sua rotina doméstica (dorrmindo de tarde, se ela tirar um cochilo). Não há fórmulas, pq filho não vem c/manual de instruções, nem mãe tbém, rs… Vc vai tentando e numa hora algo dá certo… Por isso, vou contar a experiência c/os meus filhos (mãe não resiste, rs).
    Eu tenho dois filhos e duas situações c/o sono. O meu mais velho tinha muitas cólicas e dormia mal, e eu só fui descobri em 2010 q ele tinha uma forma leve de refluxo. Ele não ficou doente naquela época pq era amamentado. Se ela tiver algo parecido e vc não souber, tente fazê-la dormir de lado sobre o lado esquerdo e colocar um pequeno calço de madeira debaixo da cabeceira do berço… A minha filha só teve problemas para dormir durante os 3 meses iniciais: como ela engasgava muito por um provável refluxo, eu a mantive dormindo no carrinho, inclinado, perto de mim, pois era mais fácil eu socorrê-la à noite.
    Uma coisa q tem a ver com o sono é a melatonina. Se a sua casa for muito ruidosa ( dentro de casa e nas vizinhanças), com muitas luzes acesas e coisas assim, a cr pode ter problemas para dormir, pq o hormônio melatonina é secretado qdo escurece… Tenho uma conhecida q, apesar de ter uma vida tranquila, só conseguia q o filho dormisse depois da meia noite… ela mora em frente à PUCSP…
    Se for isso, o jeito é sair diminuindo as luzes e os ruídos da casa umas duas horas antes da hora q ela tem de dormir…
    Também há uma fase em q a cr acorda de noite pq sente saudade da mãe, qdo ela começa a engatinhar e ficar mais independente. Essa fase dura em média uns quinze dias e passa… Outra coisa q tira o sono são os dentes q vão nascer. O meu filho tinha dor de nevralgia qdo um dente surgia, de ser medicado contra a dor, e isso tbém atrapalha o sono…
    Outra coisa q pode ajudar é o pai colocar o filho p/dormir e ver o choro durante a noite. Os meus filhos sempre queriam fazer “um lanchinho” qdo eu os pegava no colo de madrugada, pq sentiam o cheiro do leite… Como c/o pai só tem colo sem leite, eles acabaram aprendendo a dormir depois de umas noites c/ choradeiras, pq estão de barriguinha cheia e papai não vai dar lanchinho… Comigo funcionou muito bem essa estratégia.
    Espero ter ajudado, qquer coisa, me mande um email.
    Bjs p/a sua família..

    • Salve Maria!
      Muito obrigada pela sua atenção!
      Sabe, já havia tentado estas coisas… e como esta é a minha rotina desde pouco antes dela completar 4 meses, nem sei te dizer se ela sofreu com os dentinhos. Como todos os dias ela chora muito ou para dormir, ou logo depois que dorme, ou no meio da noite… não pude distinguir. De qualquer forma, são raras as vezes em que ela aceita o pai. Eu tenho plena consciência de que ela não acorda por fome em muitos horários, mas para sugar e assim adormecer novamente, ou ser consolada. Atualmente, quando ela dorme por volta de 20:00, eu tenho de voltar e consolá-la em média 4 vezes até que o sono estabiliza entre 21:30 e 22:00. A noite passada ela conseguiu dormir em intervalos de 4 horas, o que foi quase como dormir uma noite inteira! Tenho consultado algumas amigas que enfrentam guerras semelhantes e elas me dizem que, apesar dos muitos esforços, só melhorou mesmo com 2 anos. Há outras que conseguiram reverter o quadro – mas, infelizmente, não sou uma delas! O sono de Lupita é um mistério para mim. É com certeza uma provação. Logo ela que dormiu tão bem quando completou 1 mês e meio até meados do terceiro… que saudade, rs
      Infelizmente, para completar, minha rua é silenciosa. Como assim? É porque qualquer movimento toma proporções alarmantes. Então, embora quase não tenha carros nem movimento, quando passa o carro do gás, do churros, da pamonha, o carteiro, os cachorros dos vizinhos, a moto da segurança… então, tudo repercute enormemente! E não há o que fazer… quantas vezes ela é acordada durante as sonecas por isso… =/
      Continue rezando por nós, eu agradeço muito!
      Fique com Deus!

  3. Nossa, que barra Luciana… Minha mãe conta que eu dormia 12 horas seguidas desde 1 mês de idade, nem mamava nesse período…No começo ela ficou com medo, queria me acordar para alimentar, mas o pediatra disse para deixar… Tenho um sobrinho que é assim tbm.

    Mas ao msm tempo, tenho uma sobrinha que não aceitava mamar, não aceitava comer…Ela era SUPER desnutrida, todo mundo achava que ela nem ia viver… E Durante 9 ANOS a mãe dela passava pela mesma coisa todo dia: alimentação forçada, com mta resistência, gritos, brigas… E se não fosse isso ela ia morrer, pq na época que mamava chegou a ficar internada…Eu imagino o sofrimento da minha tia!!!!!!!!!!

    O que fica é: não devemos romantizar a maternidade…. Muito menos evitar… Temos que saber que pode ser de qualquer jeito, podemos ter 12 horas por dia livres e um bebê tranquilo ou um bebê que não dorme, não come, ou pior, que tem alguma dor, alguma doença… Tudo pode acontecer…
    Mas a maternidade é sempre especial, e cada filho é filho de Deus, feito para ser desse jeito, e vai te tornar uma pessoa diferente e melhor ser mãe dele.

    • Você não era um bebê, era um verdadeiro anjo!! :) Se Deus quiser, vou ter pelo menos um bebê assim (outra Guadalupe eu não sei como vai ser, rs)
      De fato não devemos romancear a maternidade. O trabalho é muito duro, :) É sim, maravilhoso, lindo, mas é preciso muita força de vontade e de espírito para dar conta. Deus me ajude, eu preciso!

  4. Oi Luciana, Salve Maria!!! a Guadalupe já começou a se alimentar de outra coisa além do leite materno? Minha mãe falou que após os seis meses, o leite materno já não surte tanto efeito, mesmo tendo ainda muita importância. se ela só mama, tente introduzir outro alimento, pra ver se ela dorme mais tempo. espero ter ajudado, vou rezar por vc.

    Rafaelle

    • Salve Maria!
      Já começou sim, mas é bem enrolada, tem dias que não quer nada! :)
      Mas come frutas e verduras.
      Como ela apresenta esse “problema de sono” desde os 3 meses e meio, não acho que seja a alimentação. Me disseram isso algumas vezes, mas o pediatra riu da gordura dela e da suposta fome. O leite materno será 90% do real nutriente que ela precisa até 1 ano. Eu não sabia. Acho incrível isso! E ela já está com lindos e inacreditáveis 10kg!!Algumas mães disseram que davam mingau com uma consistência mais grossa, e isso fazia o bebê dormir mais e melhor. Pode até ser, mas eu não vou introduzir leite artificial porque ela mama o meu leite que é mais saudável e tem anticorpos. Mesmo que eu saiba que talvez tenha de suportar mais o problema dela acordar mais vezes. O caso é que Lupita não acorda exatamente por fome. Se eu percebesse que era para mamar mesmo, mas não… é para sugar e dormir, não leva nem 4 minutos… continue rezando por nós, acho que só oração mesmo para nos ajudar. Muito obrigada pela sua atenção!

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s