Trabalhando os contos de fadas: Parte 3

Esta é a terceira parte do programa (3 de 7).   Tudo o que estiver sublinhado é acréscimo de minha autoria ao texto original. 

Parte 1.

Parte 2.

Atividade 3: Personagens de contos de fadas: o vilão

 

 Mare Walter, 1923. Branca de Neve e os Sete anões

O bem e o mal 

O vilão é o personagem do mal na história. Sua principal intenção é ferir ou matar o personagem principal, ou para impedi-lo de alcançar o sucesso, amor e felicidade. Os exemplos incluem: 

O lobo em ‘Chapeuzinho Vermelho’

A madrasta e as irmãs feias em ‘Cinderela’

A rainha em ‘Branca de Neve’. 

A luta entre o herói e o vilão – bem e mal – é muitas vezes o centro do conto de fadas e impulsiona a ação na história. O herói e o vilão estão em desacordo um com o outro. Cada um quer um resultado diferente, e isso produz conflito e a competição.

Sugestão de atividades 

Atividade 1 

Selecione as seguintes histórias: (você provavelmente já as leu para as atividades anteriores, então basta pegar novamente os livros, se quiser re-lembrar as crianças e estimulá-las)

‘Cinderela’

‘Branca de Neve’

‘A Bela Adormecida’

“João e Maria” 

Peça aos alunos para decidir:

Quem é o vilão da história?

Que palavras são usadas para descrever o vilão? O que eles parecem?

Será que o vilão tem poderes mágicos, ou eles dependem de esperteza natural e inteligência?

O que acontece com o vilão no final da história?

Compare os vilões nas histórias. O que eles têm em comum, e como eles são diferentes?

Peça para cada criança decidir que vilão é o mais malvado e porquê. 

Atividade 2

Peça aos alunos a escolher um dos contos acima. Peça para cada um re-contar a história a partir do ponto de vista do vilão. Por exemplo, como seria a história na versão da bruxa de João e Maria? Como ela contaria a história se pudesse dizer a alguém como tudo aconteceu? O que o vilão acha da personagem principal ou herói, e por quê? Que sentimentos e pensamentos que eles têm? 

Atividade completamentar desta atividade 2 (funcionando como uma terceira atividade)

Pergunte a criança se ela achou justo o que aconteceu com o vilão de cada história selecionada na atividade 1. Peça para ela dizer que outra coisa poderia ter acontecido no final para salvar o herói de cada história e fazer um desenho sobre pelo menos 2 finais destes. Por exemplo: se a bruxa de João e Maria não tivesse sido empurrada no fogo, que outra coisa poderia ter acontecido com ela para os irmãos escaparem? 

Atividade 3

Trabalhar com a classe para criar alguns ‘cartazes de “procurados” para alguns dos vilões de contos de fadas mais famosos, como o lobo em ‘Chapeuzinho Vermelho’, a rainha em ‘Branca de Neve’, ou a bruxa de “João e Maria” . Cada cartaz deve caracterizar um retrato do vilão, uma descrição de sua personalidade e como eles se parecem, e os detalhes do por que eles são procurados pela polícia. Você pode usar recortes de gravuras destes vilões. Se as crianças não sabem o que são cartazes de procurados pela polícia é uma boa ocasião para ensiná-las. Mostre que quando um bandido faz algo errado, ás vezes a polícia espalha cartazes pela cidade com a foto e a descrição do que ele fez  e o porquê dele precisar ser preso) 

Atividade 4

Use a silhueta da bruxa para criar o modelo para um fantoche. Escolha um conto de fadas, que apresenta uma bruxa, e trabalhar com a classe para criar bonecos de fantoche com base em outros personagens. Re-contar o conto de fadas com os fantoches.

Baixe a ilustração em:

http://www.nls.uk/media/1038462/source-3-print.pdf 

Atividade 5

Olhe para a imagem da bruxa do item anterior. O que está acontecendo na foto? O que é a bruxa está fazendo? O que poderia ser a sua relação com o bebê? O que pode acontecer em seguida na história? Se a criança escreve, peça para ela escrever um parágrafo ou dois que possam resumir uma historinha baseada nesta gravura, lembrando a ela de incluir o que a bruxa quer fazer com o bebê e quem poderá salvá-lo (o herói). Se a criança não escreve, peça para ela imaginar quem poderia salvar o bebê da bruxa (que herói ou heroína) e peça para ela fazer um desenho de como seria esse herói.

Anúncios

Um comentário sobre “Trabalhando os contos de fadas: Parte 3

  1. Pingback: Trabalhando os contos de fadas: Partes 4 e 5 « As chamas do lar católico

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s