Trabalhando os contos de fadas: Partes 4 e 5

Como as partes 4 e 5 do programa são menores, achei por bem reuni-las num único post. Tudo o que estiver sublinhado é acréscimo de minha autoria ao texto original.

Parte 1

Parte 2

Parte 3

***

Atividade 4

Personagens de conto de fadas: o ajudante 

Elfos: ilustrado por Walter Crane, 1893.

Baixe a ilustração :

http://www.nls.uk/media/1038465/source-4-print.pdf

 

Na história ilustrada acima, os elfos aparecem magicamente à noite para ajudar um pobre sapateiro a criar belos sapatos a partir de um pequeno pedaço de couro. Ao vender os sapatos, o sapateiro se torna rico. Sua esposa faz miniaturas de roupas para agradecer os elfos por seu trabalho duro. 

Os elfos são exemplos de ajudantes – humanos, animais ou seres mágicos que ajudam o herói ou personagem principal da história. 

Isso pode envolver manter herói a salvo do mal, dar conselhos, ou o fornecimento de um meio de socorro. Os ajudantes são muitas vezes pessoas ou criaturas sem nome ou anônimo, e fornecer ajuda sem exigir nenhuma recompensa. O auxiliar é importante para o sucesso da missão ou jornada do herói. 

Outros exemplos de ajudantes de contos de fadas incluem: 

As aves na versão do Grimm de ‘Cinderela’

A fada madrinha em ‘Bela Adormecida’

 

Sugestões de atividades 

Atividade 1:

Olhe para as seguintes histórias:

‘A Bela Adormecida’

‘Cinderela’ (Grimm)

“O pássaro de ouro” (Grimm)

Para cada um, pedir aos alunos para identificar o ajudante. O que ajudante faz na história? Como a história mudaria, se não houvesse um ajudante? Imagine uma versão alternativa da história , onde o assistente é bem intencionado, mas um pouco desajeitado ou sempre atrasado. Como isso alteraria a história?

Peça para os alunos escreverem o final alternativo. Crianças não-alfabetizadas devem fazer um desenho que represente este final. 

Atividade 2:

Leia Os elfos (Grimm)

Por que você acha que os elfos poderiam querer ajudar o sapateiro e sua esposa? Quais as habilidades que os elfos tem? Por que eles visitam o sapateiro à noite?

Você pode pensar em um momento em que alguém foi capaz de ajudá-lo a fazer alguma coisa? Alguma vez você já foi capaz de ajudar alguém sem que eles soubessem que era você?

Crie uma história que tenha um ajudante seguindo o roteiro. Se a criança não sabe ler, não tem problema, os pais perguntam e a estimulam a criar cada um dos quadros e anotam para ela.

Roteiro:

Atividade 5

Cenários de conto de fadas: a floresta 

Um lugar desconhecido 

A floresta é um dos cenários mais comuns de contos de fadas. É um lugar além da segurança e familiaridade da cidade ou aldeia.Ela representa o desconhecido, onde tudo pode acontecer. Ela é uma experiência incomum, e é tanto um reino mágico quanto um lugar de perigo. É um lugar de liberdade e selvageria, onde as regras normais não se aplicam mais. 

Estranhos eventos podem ter lugar na floresta, e ela pode ser igualmente um lugar de transformação, onde o herói supera várias dificuldades e encontra o caminho para casa. 

Ela também pode representar um esconderijo onde os personagens podem se refugiar, mas também pode representar as coisas que mais tememos. 

Símbolo do mundo natural 

Chapeuzinho Vermelho

A floresta é um símbolo do mundo natural, em contraste com o mundo dos humanos. Representa algo mais primitivo e selvagem. Quando os personagens encontram-se na floresta, corta-se a conexão com o lar e o mundo lá fora. 

A floresta é habitada por criaturas estranhas e mágicas. A qualquer momento você pode encontrar:

Animais falantes

Monstros

Bruxas

Elfos

Fadas. 

As florestas são lugares cheios de mistério, onde a imaginação pode correr solta. 

Quando os contos de fadas foram contados pela primeira vez, as terras do norte e oeste da Europa estavam cheias de densas florestas. Naquela época, a floresta representava perigos muito reais, com bandidos e animais selvagens. 

Sugestões de actividades

Atividade 1

 

Olhe para a figura de João e Maria. Ela representa o momento em que eles foram abandonados no meio da floresta à noite. Peça aos alunos a olhar de perto a imagem e para listar / identificar as criaturas que se escondem no fundo. Quais são animais reais, e que são seres mágicos? Qual das criaturas pode ser útil e quais podem ser amigáveis? Qual parece mais assustadora? Olhe para os personagens de João e Maria: o queeles poderiam sentindo e  pensando?

 

Atividade 2

Pesquisar e observar fotos de florestas.

Criar uma floresta encantada em sua sala de aula ou sala de escola. Decore as paredes com pinturas ou colagens de árvores altas, e criar uma cobertura com folhas de papel de seda. Incluir imagens de animais que vivem nas florestas locais, assim como criaturas imaginadas e personagens de contos de fadas. Adicionar palavras para descrever a floresta.

Você pode produzir uma maquete usando papel crepom, palitos de picolé, gel de cabelo para fazer a água do rio, pequenos brinquedos de brindes de festa, com animais selvagens e plantas… pode incluir uma casinha, representando a casa de doces de João e Maria, ou a casa onde a vovó de Chapeuzinho morava, ou ainda, se aventurar a construir as 3 casas dos Três Porquinhos.

Anúncios

4 comentários sobre “Trabalhando os contos de fadas: Partes 4 e 5

  1. Olá! Voltei no seu blog para conhecer a 6 e 7 parte Trabalhando com os contos de fadas… mas não encontrei…foi muito bom conhecer as ideias de trabalhar com os contos de fadas. Quando puder publique!

    • Lilian, esse e-mail que você deixou aqui: posso mandar para lá? Eu traduzi tudo e transformei num pdf, posso te mandar.

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s